top of page
Search
  • benedictojunior197

Construção civil tem o melhor resultado no mercado de trabalho formal dos últimos 10 anos


O setor da construção civil encerrou o primeiro semestre de 2022 com a criação de 184.748 novos empregos formais. Considerando as séries do Caged e do Novo Caged, esse número é o maior para o período desde 2012 (205.907). Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (28/07) pelo Ministério do Trabalho e Previdência.

Das 184.748 novas vagas geradas, 85.131 foram na construção de edifícios, 63.066 nos Serviços Especializados para a Construção e 36.551 em obras de infraestrutura.

Considerando apenas junho, que gerou 30.257 novos postos com carteira assinada, os profissionais foram bem distribuídos entre os três segmentos do setor: Infraestrutura (10.833), Construção de Edifícios (10.430) e Serviços Especializados para a Construção (8.994).

Já em relação aos novos empregos na Infraestrutura:

  • 5.459 foram na construção de rodovias, ferrovias, obras urbanas e obras de artes especiais;

  • 3.250 em obras de infraestrutura para energia elétrica, telecomunicações, água, esgoto e transporte por dutos, e

  • 2.124 em outras obras de infraestrutura.

Para a economista da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Ieda Vasconcelos, os resultados do mercado de trabalho no setor fazem parte do ciclo positivo de negócios em andamento e que foi iniciado no 3º trimestre de 2020, com destaque para as atividades do mercado imobiliário. Fonte: Agência CBIC

4 views0 comments
bottom of page